A Sustentabilidade muito além da conformidade legal

Os princípios da sustentabilidade estarão presentes em atividades humanas que tragam benefícios sociais, ambientais e econômicos de forma integrada. Mas quando ela (a sustentabilidade) vai além da conformidade legal, além destes benefícios serem mais robustos, a organização está se tornando mais competitiva, porque está inserindo os princípios da sustentabilidade em seu modelo de gestão.  E como dizia C.K. Prahalad (autor indiano) – empresas inteligentes tratam a sustentabilidade como uma nova fronteira de inovação.

 

 

Trilhar os caminhos da sustentabilidade fará a organização crescer e a humanidade evoluir

Observo há mais de 2 décadas a sustentabilidade nas organizações, e aprendi que o mais importante é o primeiro passo. Quando acontece a aproximação da empresa com os princípios e fundamentos da sustentabilidade, motivado ou não pela conformidade legal, começa um novo ciclo na organização. A empresa acaba descobrindo que sustentabilidade é mais que uma condicionante ambiental ou contrapartida de conformidade legal. Que sustentabilidade é eficiência e melhoria, portanto competitividade. Entende que não se trata de bondade ou conformidade, e sim de inteligência e inovação.

Ela, a empresa, se descobre a maior beneficiada dos resultados que foi capaz de gerar nos pilares sociais, ambientais e econômicos. E, sairá fortalecida com a transparência (e excelência) de suas boas práticas, colhendo os frutos da inovação e da eficiência que a sustentabilidade provocou na organização. Portanto, trilhar os caminhos da sustentabilidade fará a organização crescer e a humanidade evoluir.

Como reconhecer empresas que trilham o caminho da sustentabilidade? Simples, olhem para suas boas práticas. 

BENCHMARKING – UM PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS NAS ORGANIZAÇÕES

Um dos mais respeitados Selos de Sustentabilidade do País, que certifica e compartilha cases de boas práticas. Hoje com 1 modalidade âncora e 5 modalidades paralelas é o mais legítimo dos movimentos de sustentabilidade pela pluralidade de vozes que congrega. Empresas, Universidades, Escolas Técnicas Profissionalizantes, Órgãos e entidades representativas e governamentais, Artistas, Personalidades, e mídia especializada fazem parte da iniciativa que está em sua 16a edição. Mais de 200 especialistas e ativistas de 25 diferentes países compõem as Comissões Técnicas que selecionam e validam os cases inscritos. A metodologia de seleção dos cases tem o reconhecimento da ABNT, e o Programa construiu e detém o maior banco de práticas de sustentabilidade certificadas e com livre acesso da internet. Até o presente momento, 192 organizações dos 3 setores da economia tiveram 373 cases certificados e compartilhados em publicações (livros, revistas, portais e bancos digitais) e eventos técnicos (encontros, seminários, fóruns e congressos). Os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) estão inclusos na metodologia de seleção dos cases de sustentabilidade, e as metas e compromissos do Programa estão na plataforma SDG (Sustainable Development Goals) da Agenda 2030 da ONU. Veja em:  https://sustainabledevelopment.un.org/partnership/?p=22525 

As inscrições dos cases para certificação Benchmarking das boas práticas socioambientais ocorrem até 31 de março pelo site.

São Paulo, 19 de Fevereiro de 2018

Programa Benchmarking Brasil
Inteligência Coletiva em Sustentabilidade
www.benchmarkingbrasil.com.br