A Sustentabilidade não pode parar

18699832_m-620x360A lógica do mercado que é a alternância constante dos desafios e oportunidades, vale também para a sustentabilidade.  É exatamente esta dinâmica que alterna lideranças ou as perpetua.

E os vencedores em geral são aqueles que sabem fazer do limão uma limonada com visão, preparo e principalmente constância. Não se chega lá sem estas características.

Na sustentabilidade não é diferente. Parar é perigoso, e somente permitido se a rota estiver em perigo de colisão. Que neste caso, não é propriamente parar, e sim, corrigir a rota o mais rápido possível para voltar para o jogo, pois é lá que se vence desafios e gera crescimento. O seu contrário, gera enfraquecimento e perdas.

Fácil de falar e difícil de fazer. É da natureza humana resistir a sair da sua zona de conforto, de correr riscos, e até mesmo de ousar. Tudo ao contrário da lógica do mercado. Se está desafiador, a tendência é paralisar até mesmo com a justificativa de avaliação. E justamente neste momento é que se corre riscos e perde oportunidades.  É necessário trocar a roda do carro com ele andando para aproveitar as oportunidades. A agilidade conta, a constância conta, e a inovação, mais ainda.

LimaoLimonadaFazer do limão, uma limonada


A sustentabilidade em cenários de crise é a mais clara visão do aqui descrito. Uma resistência enorme em avançar e mostrar seu valor, em fazer do limão uma limonada e dar sua contribuição. Uma chance unica e histórica em mostrar sua performance competitiva. Um receio que paralisa e enfraquece. Um silêncio que diminui e coloca em cheque sua real efetividade.

A sustentabilidade quando colocada em prática com excelência,  inova e produz bons resultados.  Compartilhar isto é fundamental pois fortalece e valoriza, a área e seus profissionais.

Se a falta ou enfraquecimento das boas práticas produziu o limão que azedou a competitividade do negócio, o seu contrário produzirá limonada, e de boa qualidade.  A lógica do mercado ensina que parar é perigoso, são momentos assim em que se alternam as lideranças, extinguem alguns negócios enquanto outros surgem. Quem trabalha com sustentabilidade deveria refletir sobre estas questões com um olhar mais abrangente e estratégico. São oportunidades e desafios que não devem ser desperdiçados. Não aproveita-los, poderá custar um preço alto demais.

Sobre o Programa Benchmarking Brasil:

Bench_louro_verde_2016_pO Programa se consolidou como um dos mais respeitados Selos de Sustentabilidade do país. Com metodologia própria reconhecida pela ABNT, reconhece, certifica e compartilha as melhores práticas socioambientais das instituições brasileiras. Já certificou 339 práticas,  de 182 instituições de 26 diferentes ramos de atividades. Com aproximadamente 200 especialistas de mais de 22 diferentes países participando da comissão técnica, o programa se tornou uma plataforma da inteligência coletiva em sustentabilidade.

Todo este conhecimento aplicado produzido pelos especialistas atuantes em sustentabilidade são compartilhados em publicações especializadas e eventos técnicos. Além do Banco Digital de práticas disponível na internet, são 03 livros publicados e mais de 60 encontros técnicos realizados, além de 11 edições da Revista Benchmarking.

Em 2013, o Programa foi o grande vencedor, 1o colocado, na categoria Humanidades do Prêmio von Martius de Sustentabilidade da Câmara Brasil Alemanha. Em 13 edições já realizadas construiu e detém o maior banco de boas práticas socioambientais certificadas e com livre acesso do país. É considerado a fotografia da gestão socioambiental brasileira registrando seu nível de maturidade e evolução em sustentabilidade, e as inscrições de cases para concorrer a certificação Benchmarking que define o XIV Ranking dos detentores das melhores práticas socioambientais do Brasil poderão ser feitas no próprio site até 15 de abril. Para se inscrever, clique AQUI

A XIV edição do Programa Benchmarking Brasil conta com o apoio institucional do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) e do IAPMEI – Parcerias para o crescimento do ministério de economia do governo de Portugal, e com o apoio de divulgação de diversos portais especializados em sustentabilidade, e também mantém parceria com as escolas profissionalizantes Centro Paula Souza, IFSP e Senai SP,  e com as universidades Anhembi Morumbi, Uninove e Mackenzie nas modalidades Benchmarking Junior e Hackathon MAIS, respectivamente.

São Paulo, 12 de Abril de 2016
Assessoria de Imprensa
(11) 3257-9660/  37299005