Coerência é fundamental para a sustentabilidade

hand_trustReputação e Sustentabilidade, uma relação direta

A confiança é a base dos relacionamentos sólidos e harmônicos. Não é possível estabelecer vínculos de qualquer natureza sem este ingrediente para cimentar as relações.

Quando falamos em sustentabilidade esta questão toma uma dimensão ainda maior. Começa com a coerência entre o que se fala e o que se faz. Se este quesito não for satisfatório tudo o que se fizer para fortalecer a confiança e a reputação da organização neste quesito será perda de tempo e energia. Ninguém com um pouco de raciocínio lógico vai acreditar.

Discursos e práticas devem ser convergentes


reputationDe nada adianta, missões e visões em publicações com qualidade gráfica superior preparados para impressionar convidados de eventos corporativos.  O que convence mesmo é a prática, ou melhor, a boa prática que a organização implementa no seu dia a dia, provando que faz o que fala e fala o que faz.  Todo dia a empresa tem a oportunidade de mostrar sua coerência nesta questão, a começar pela disposição em compartilhar suas práticas sem receios e resistências. Mas compartilhar com coerência não significa se auto certificar em mídias espontâneas alimentadas por textos auto promocionais. Compartilhar com coerência significa formatos respeitosos, com metodologias qualificadas e confiáveis, e, de preferência com aval de quem entende, ou seja, de especialistas e lideranças da área.

 

Benchmarking Brasil é um programa de valorização das boas práticas, e de quem trabalha com elas, nas organizações que está em sua 14a edição. Neste período certificou mais de 330 boas práticas socioambientais com metodologia reconhecida pela ABNT e com a participação de aproximadamente 200 especialistas de 22 países, que avaliaram as práticas sem ter acesso ao nome da organização. Empresas e gestores com boas práticas podem inscrever seus cases de sustentabilidade até 31 de março.

trustworthy“Quando o discurso não é convergente com a prática, a sustentabilidade  é questionável. Portanto, a coerência entre o que se prega e o que se faz na prática define o grau de envolvimento de uma organização com os princípios e diretrizes da sustentabilidade”, afirma Marilena Lavorato idealizadora do Programa Benchmarking Brasil.

 

Sobre o Programa Benchmarking Brasil: 

Bench_louro_verde_2016_p

O Programa se consolidou como um dos mais respeitados Selos de Sustentabilidade do país. Com metodologia própria reconhecida pela ABNT, reconhece, certifica e compartilha as melhores práticas socioambientais das instituições brasileiras. Já certificou 339 práticas,  de 182 instituições de 26 diferentes ramos de atividades.

Com aproximadamente 200 especialistas de mais de 22 diferentes países participando da comissão técnica, o programa se tornou uma plataforma da inteligência coletiva em sustentabilidade.  Todo este conhecimento aplicado produzido pelos especialistas atuantes em sustentabilidade são compartilhados em publicações especializadas e eventos técnicos. Além do Banco Digital de práticas disponível na internet, são 03 livros publicados e mais de 60 encontros técnicos realizados, além de 11 edições da Revista Benchmarking.

Em 2013, o Programa foi o grande vencedor, 1o colocado, na categoria Humanidades do Prêmio von Martius de Sustentabilidade da Câmara Brasil Alemanha. Em 13 edições já realizadas construiu e detém o maior banco de boas práticas socioambientais certificadas e com livre acesso do país. É considerado a fotografia da gestão socioambiental brasileira registrando seu nível de maturidade e evolução em sustentabilidade. Inscrições de cases para concorrer a certificação Benchmarking que define o XIV Ranking dos detentores das melhores práticas socioambientais do Brasil até 31 de março.

São Paulo, 18 de Março de 2016

(11) 3257-9660/ 3729-9005

benchmarkingbrasil.com.br