Comissão Técnica 2017

CT_2015_GIF_COM_LOGOEspecialistas de vários países selecionam as melhores práticas em conformidade com a metodologia do Programa Benchmarking Brasil que tem o reconhecimento da ABNT. A Comissão Técnica é renovada anualmente e não repete nomes. Para assegurar visão global nas avaliações, um terço de seus componentes pertencem a outras nacionalidades e/ou estão neste momento morando fora do país. São especialistas, pesquisadores e/ou lideranças atuantes da área. Nomes respeitados no cenário nacional e internacional. O Programa contabiliza até edição anterior, a participação voluntária de 191 especialistas de 22 diferentes países na comissão técnica.

Conheça os 15 integrantes (perfil e depoimento em ordem alfabética) de 6 diferentes países  que selecionarão os cases Benchmarking 2017 para o XV Ranking dos Detentores das Melhores Práticas Socioambientais do Brasil. Clique na foto para ser remetido ao perfil e frase do jurado Benchmarking 2017.

 

aline_site_quad fabio_site_quad fernanda_site_quad
Aline Cardoso

São Paulo/Brasil

brasil

Claudia M. McLeod 

Nesoya/Noruega

flag_noruega

Fabio Luiz Guido

São Paulo/Brasil

brasil

Fernanda Baumhardt

Genebra/Suiça

flag_suica

honorio_site_quad ismael_site_quad jose_site_quad Jucimara_site_Quad
Honório Campante

Coimbra/Portugal

flag_portugal

Ismael Rocha Junior

São Paulo/Brasil

brasil 

José Manuel Fonseca

Lisboa/Portugal

flag_portugal

Jacimara Guerra Machado

Brasília/Brasil

brasil

Leslie_Site_Quad mario_site_quad marlei_site_quad pal_site_quad
Leslie Lukacs

São Francisco/USA

flag_us

Mario Carrilho Negas

Lisboa/Portugal

flag_portugal

Marlei Pozzebon

Montreal/Canadá

flag_canada

Pål Mårtensson

Gothenburg/Suécia

flag_suecia_1

Ruth_Site_Quad sergio_site_quad selo_vermelho  selo_vermelho
Ruth Caprile

Caracas/Venezuela

VenezuelaFlag_edit

Sérgio Monforte

Brasília/Brasil

brasil

   

COMISSÃO TÉCNICA 2017

Perfil e depoimento

Ordem Alfabética

 

aline_site_circ

Reunir e premiar boas práticas empresariais é a melhor forma de inspirar pelo exemplo. Mostrar como no dia a dia empresas estão tirando do papel o pensamento de desenvolvimento econômico equilibrado com o social e o ambiental é a prova irrefutável de que é possível fazer. É uma honra e um prazer fazer parte desse projeto

 

Aline Cardoso – São Paulo, Brasil

Mestre em Negociação Econômica Internacional pela UNESP, Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade de Estrasburgo (França) e PUC / SP. Diplomada em Estudos Gerais do Direito pela Universidade Robert Schumann (França). Participou de cursos na UNCTAD e FGV sobre Assuntos Internacionais, Economia Verde e Economia de Baixo Carbono. Graduada e pós-graduada em Relações Internacionais, voluntária da ONG Cidadão Pro Mundo,  Co-fundadora da Rede Gente Urbana, e atual vereadora da cidade de São Paulo. 

 

 

Estamos em um momento especial da história humana, em que temos consciência de que os recursos naturais são finitos e que, através das nossas ações, podemos influenciar a capacidade do planeta de prover segurança alimentar e hídrica às sociedades que nele vivem. Iniciativas como o programa Benchmarking Brasil desempenham um papel importante na medida em que contribuem para estimular e divulgar práticas de consumo e produção sustentáveis das quais nosso futuro depende

Claudia Andrade Melin-McLeod  – Nesoya, Noruega

Diretora Executiva da MMC Governance and Natural Resource Management, empresa internacional de consultoria sediada na Noruega. Possui mais de 20 anos de experiência em várias agências da Organização das Nações Unidas, ONGs e empresas privadas. Como Governance Advisor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e do Programa UN-REDD e consultora especializada em gestão de recursos naturais e sustentabilidade, prestou assistência técnica nas áreas de governança, mitigação e adaptação às mudanças climáticas em mais de 30 países. Foi Visiting Senior Fellow na London School of Economics (LSE) e atualmente leciona na Oslo and Akershus University College na Noruega. É membro da Concerned Scientists Norway e signatária do Appel de Paris da COP 21 de 2015 na França como representante do setor privado. É formada em International Development pela Universidade de Roskilde, da Dinamarca, mestre em Development Management pela London School of Economics e diplomada em Climate Change Economics and Governance pelo Instituto Grantham, da London School of Economics.

 

fabio_site_circ

Vivemos um momento de transformação global das relações sociais e políticas e a sociedade precisa conhecer e valorizar práticas de sustentabilidade que fomentem a inclusão social, a proteção ambiental e o desenvolvimento econômico. O Programa Benchmarking Brasil reconhece iniciativas e aponta para os caminhos que devemos responsavelmente trilhar no desenvolvimento de novas estratégias de negócios estruturados de forma sustentável.

 

Fabio Luiz Guido – São Paulo, Brasil

Engenheiro ambiental e internacionalista com MBA em Mercado de Capitais. Coordena projetos de sustentabilidade para os mercados financeiro e de capitais relacionados à integração ESG, restauro florestal de reserva legal, agricultura de baixo carbono, manejo florestal sustentável, boas práticas socioambientais no campo, finanças climáticas e temas correlatos. Atualmente coordena os trabalhos do WWF em finanças para sustentabilidade nos projetos da Colaboração Florestas e Agricultura e Iniciativa de Conservação e Mercado Financeiro,. Atual Especialista em Finanças para Sustentabilidade no WWF Brasil.

 

fernanda_site_circ

Muito mais importante e impactante do que apontar o que está errado é mostrar o bom que já está sendo feito. Acredito que o caminho da sustentabilidade deva ser inspirador e motivador, exatamente o que este programa, Benchmarking Brasil, busca fazer.

 

Fernanda Mocellin Baumhardt – Genebra, Suiça

Jornalista pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), e especialista em Comunicações com Comunidades (CwC) destacado pela NORCAP, em especial as Comunidades Afetadas por Desastres (CDAC). Atualmente faz parte do Conselho Norueguês para os Refugiados, e é Professora Associada de Comunicação Participativa para a Ação Humanitária na CERAH – Centro Genebra de Educação e Investigação em Ação Humanitária. Também atua na Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho em Geneva, Suiça.

 

honorio_site_circ

A economia sustentável é um dos maiores desafios da atualidade. As melhores organizações posicionam-se na linha da frente, antecipam as oportunidades dos novos paradigmas da sociedade global, inovam nas ideias e nas práticas, nos produtos, nos processos e nos modelos organizacionais, afirmando como valores e missão o seu compromisso de sustentabilidade e responsabilidade social. E, partilham exemplos das suas melhores práticas sociais e ambientais, contributos inestimáveis para a dinâmica de mudança e alavanca da motivação e empenho por um futuro sustentável. Procure no Benchmarking Brasil a inspiração para ser (o) melhor.

Honório Campante – Coimbra, Portugal 

Engenheiro Cerâmico e do Vidro pela Universidade de Aveiro, Pós Graduado em Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa e Mestre em Gestão pelo ISCTE Business School (Lisboa), com dissertação em Benchmarking Estratégico. Consultor e Gestor de Empresas com carreira internacional em Portugal e Angola, Consultor Nacional de Benchmarking (IAPMEI – Portugal) e coautor do Módulo de Ambiente e Energia do Índice Português de Benchmarking. Foi assistente convidado de Gestão de Empresas na Universidade Internacional e do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra. Autor de diversos artigos e comunicações em matéria de Gestão e Estratégia Empresarial, Benchmarking, Avaliação de Desempenho e Melhoria, Organização Industrial e Tecnologia Cerâmica, e coautor de várias publicações sobre Segurança e Saúde no Trabalho

 

  

ismael_site_circ

O Programa Benchmarking Brasil representa um marco na promoção do que existe de melhor no campo da sustentabilidade. A seriedade e a competência dos seus organizadores permite que esta vitrine contribua a que tantos outros possam aprender e se inspirar. Sustentabilidade é um conceito a ser aplicado coletivamente. O Programa Benchmarking Brasil constrói esta coletividade.

Ismael Rocha Junior – São Paulo, Brasil

Climate Reality Leader, Mercadólogo formado pela  ESPM e pela UTA – University of Texas at Arlington. Mestre em Sociologia da Religião, Doutorando em Educação, e Professor universitário. Autor de livros didáticos nas áreas de Pesquisa de Marketing, Comunicação e Sustentabilidade, com artigos publicados em revistas, jornais e participação em Congressos no Brasil e no exterior. Diretor Acadêmico da ESPM SP, Fundador e Coordenador da ESPM Social. Consultor de Marketing e Planejamento Estratégico para empresas, ONGs, Institutos e Fundações. 

 

jose_site_circ

A integração estratégica dos princípios de sustentabilidade ambiental e social nos negócios é um desiderato que para além de louvável se tornou impreterível. O fim da “externalização” dos efeitos negativos para a comunidade e para o meio envolvente não é só um imperativo ético como é, já, um bom negócio. O contributo do Programa Benchmarking Brasil pode e deve ser um forte impulso a um caminho remunerador em mais planos que o apenas “valor para o acionista”. Vale a pena  investir na disseminação de exemplos que contribuam para o aumento do capital financeiro sem depreciar o capital total que temos obrigação de deixar às próximas gerações.

José Manuel Fonseca – Lisboa, Portugal

Doutor em Management (University of Hertfordshire), Mestre em Comportamento Organizacional (ISPA), Licenciado em Organização e Administração de Empresas pelo ISEG. Iniciou a colaboração com o ISLA. Foi docente da Nova Schooll of Business and Economics em Estratégia e foi o Coordenador do Leadership Stream do MBA da Nova/Católica/MIT. É fellow do Complexity and Management Centre da University of Hertfordshire e Visiting Researcher de Chalmers University of Technology em Gutemburgo. Foi CEO e administrador de empresas dos setores da Construção, TI, Publicidade e Confecções em Portugal e consultor com trabalhos desenvolvidos em Portugal, Suécia, Bélgica, UK, Espanha e Angola.

 

Jucimara_site_Circ

O Programa Benchmarking Brasil completa quinze anos de sucesso. Neste período trouxe a público diversas iniciativas, que sem dúvida nenhuma, merecem o reconhecimento de toda a sociedade brasileira. Estas iniciativas premiadas demonstram o engajamento e o compromisso dos dirigentes das instituições premiadas e de seus colaboradores para com o desenvolvimento sustentável e pelo bem-estar de toda a sociedade. Compartilhar conhecimento é necessário e indispensável para benefício coletivo.

 

Jacimara Guerra Machado – Brasilia, Brasil

Analista Ambiental do IBAMA, graduada em Química e Mestre em Política e Gestão Ambiental, pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília. Na Alemanha realizou o curso de especialização em poluição marinha causada pelo derrame de petróleo e o de destinação adequada de resíduos industriais perigosos. Em Santa Lúcia, no Caribe, desenvolveu e coordenou, por iniciativa própria,  programa de mobilização social voltado para as questões socioambientais coletivas. Atuou na Secretaria de Políticas para o Desenvolvimento Sustentável – Ministério do Meio Ambiente, coordenando o Programa Agenda Ambiental na Administração Pública A3P. De 2004 a 2016, foi responsável pela implementação do Programa de  Gestão Socioambiental da Câmara dos Deputados, Congresso Nacional, nos moldes da Programa A3P. Atualmente é Diretoria de Qualidade Ambiental do IBAMA – Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

 

Leslie_Site_Circ

 

Benchmarking Brasil reconhece empresas que adotam práticas de gestão sustentável como parte integrante de sua cultura corporativa e plano estratégico. A excelência ambiental é alcançada quando se trabalha local e internacionalmente para ativar empresas, cidadãos e líderes para implementar e executar iniciativas ecológicas. Aguardo com expectativa a colaboração internacional que o Benchmarking Brasil oferece, pois somos um mundo em busca de um futuro sustentável para as gerações vindouras

 Leslie Lukacs  São Francisco, USA

Consultora de Gestão de Materiais Sustentáveis e Zero Waste para os setores público e privado há 2 décadas. Pioneira da ecologização de locais e eventos em todo o país. Implementou programas de diversão em estádios de futebol nacionais, instalações governamentais, universidades, parques temáticos, centros de convenções, centros de arte performática, feiras e muitos outros grandes eventos. Fundadora e Presidente do Conselho de Iniciativas Verdes para Locais e Eventos (GIVE), uma organização dedicada a aumentar a conscientização sobre a implementação de programas verdes em locais e eventos especiais.

 

mario_site_circ

O Programa Benchmarking Brasil tem contribuído para reforçar, edição após edição, a sustentabilidade e a gestão responsável dos negócios, na qual as variáveis ambientais, sociais e econômicas estão interligadas no processo decisório global socialmente responsável. Hoje, mais do que nunca, é assumido que um futuro sustentável não é uma escolha nem uma opção, mas a base da construção da prosperidade, do bem-estar e da felicidade de todos. É necessário saber aplicar soluções inovadoras e modernas nas práticas de gestão em empresas, instituições governamentais e instituições sem fins lucrativos.  As organizações tendem a apresentar padrões complexos e altamente inter-relacionados com o sistema econômico, sistema social e o sistema ambiental, competem num mundo de recursos limitados, onde as expectativas do consumidor e utentes são cada vez mais elevadas, portanto, o comprometimento com a realização de negócios inovadores e sustentáveis é exigido. O assumir de um comportamento sustentável e ético nas práticas organizacionais é um compromisso que se quer contínuo e presente nas relações estabelecidas a vários níveis entre organizações, e entre estas e a comunidade, a sociedade, os governos, as pessoas e o meio ambiente.

Mário Carrilho Negas – Lisboa, Portugal

Professor de gestão no Departamento de Ciências Sociais e Gestão da Universidade Aberta (UAb). Doutor em Gestão e especialista em Informação pela UAb, Mestre em Economia e Gestão em Ciência e Tecnologia pela ISEG (Universidade Técnica de Lisboa). Seus interesses de pesquisas se concentram em três áreas: 1) Adoção de sistemas e tecnologias da informação nas PME. 2) Planejamento estratégico dos sistemas de informação, e 3) Gestão da inovação e da capacidade inovadora das PME. 

marlei_site_circ

Nos tempos turbulentos que estamos experimentando na segunda década do século XXI, marcados por crescentes desigualdades sociais e distúrbios ecológicos, buscam-se novas formas organizacionais e associativas que tentam conciliar justiça social e respeito pela natureza. O desafio atual vai muito além da sustentabilidade. Trata-se de integrar nos modelos de negócios e de ação os conceitos de economia circular e de decrescimento sustentável, e ainda assim manter-se vivo no mercado e na relação com a sociedade. 

Marlei Pozzebon – Montreal, Canadá

Professora titular da HEC Montréal e também professora associada da FGV / EAESP Brasil. Algumas palavras-chave de sua pesquisa são inovação social, mudança social, mobilização do cidadão, local e pós-desenvolvimento, diálogo global-local. Os seus interesses de investigação estão ligados à relação entre tecnologia e sociedade e às possibilidades de uma melhor compreensão e promoção da mudança social utilizando lentes teóricas baseadas na prática e métodos de investigação qualitativa.

 

pal_site_circ

Minhas experiências do Brasil, que eu visitei mais de dez vezes, ficaram cada vez mais impressionantes. Há tantas pessoas inteligentes e talentosas que desenvolvem projetos incríveis. Benchmarking Brasil é um dos melhores que já vi, há tanta energia e otimismo que eles compartilham. Benchmarking Brasil é a estrela líder em termos de inovação e otimismo.

 

Pal Martensson – Gothenburg, Suécia

Criador e gestor do maior parque de reciclagem do mundo, localizado na cidade de Gothemburg, Suécia.  Kretsloppsparken Alelyckan, parque com mais de 35 mil metros quadrados com uma visão do futuro sob os princípios da sustentabilidade. Possui 20 anos de experiência em Gestão de Resíduos a nível internacional. Trabalhou por mais de 10 anos na Zero Waste Europa,  a solução final para o problema dos resíduos no mundo. Atuou como Coordenador do Departamento de Gestão Sustentável de Águas e Resíduos da Cidade de Gothenburg

 

 Ruth_Site_Circ

Estar preparado para ser avaliado e comparado com as medidas globais de desempenho organizacional é um grande passo para excelência produtiva.  Benchmarking Brasil, com ênfase nas boas práticas e trabalho em equipe é um estímulo para enfrentar os graves problemas de desenvolvimento de nossos países latino-americanos para atingir excelência em práticas de sustentabilidade. Não apenas pelo reconhecimento aos seus gestores, mas ainda para revelar conhecimento e armazenar memória dos cases certificados que servirão de modelo e referência para novas práticas da gestão social e ambiental futuras.  A memória da excelência atual é uma porta de travessia para melhores práticas no futuro. 

 

Ruth Caprile – Caracas, Venezuela

Graduada em História com doutorado em Ciências Política. Pesquisou, ensinou e publicou sobre ética e liderança, história de negócios, corrupção, ética empresarial, sociologia política. Autora de várias publicações acadêmicas e corporativas sobre a ética. É desde 1992 professora titular da Universidade Católica Andrés Bello em Caracas e membro da ALENE (Asociación Latinoamericana de Ética, Negocios y Economía) 

sergio_site_circ

E importante valorizarmos iniciativas que promovam as melhores práticas de gestão nas empresas e identifiquem a relação com as estratégias de sustentabilidade, como esta do Benchmarking Brasil. A cada dia vemos mais empresas integrando a sustentabilidade aos seus modelos de negócios, e enxergando que só assim conseguirão sobreviver no médio e longo prazo. 

Sérgio Monforte – Brasília, Brasil

Mestre em Liderança Estratégica para Sustentabilidade, pela Universidade de Blekinge / Suécia. Pós-Graduado em Dinâmica dos Grupos, pela Sociedade Brasileira de Dinâmica dos Grupos e Bacharel em Administração de Empresas, pela Universidade de Brasília. Experiência em representação do setor industrial nas áreas de Meio Ambiente e Sustentabilidade, em elaboração de conteúdos e pesquisas sobre Sustentabilidade e em consultoria na área de Gestão Estratégica para Sustentabilidade. Atualmente é especialista em sustentabilidade da CNI – Confederação Nacional da Industria. 

 

  

selo_vermelho

Legítimos da Sustentabilidade

Para ver os integrantes das comissões técnicas anteriores, clique nas edições

  botao_2017 Edição 2016 botao_edicao_15
edicao_2014 edicao_2013 edicao_2012 edicao_2011
edicao_2010 edicao_2009 edicao_2008 edicao_2007
edicao_2006 edicao_2005 edicao_2004 edicao_2003