TOP FIVE 2

top52

Benchmarking Senior – Empresas

….

Modus Operandi em 5 pontos

…..

1. Quem já participou do Programa?

Até 2017, aproximadamente 200 organizações dos 3 setores da economia e de todo país, tiveram aproximadamente 400 cases certificados na modalidade Senior. 

 

2. Como é compartilhado e divulgados os cases Benchmarking?

Em livros e revistas de gestão, banco digital e eventos técnicos, próprios e de parceiros, portais e sites dos apoiadores institucionais e de divulgação. A série BenchMais tem 3 volumes publicados e a Revista Benchmarking (versões eletrônica e impressa) está em sua 13a edição. Mais de 100 encontros técnicos (fóruns de sustentabilidade e miniaudiências com públicos especializados) já foram realizados em parceria com universidades, escolas técnicas e instituições representativas e governamentais, sendo alguns deles transmitidos pela internet. Portanto, mais de 80 mil pessoas tiveram contato virtual e/ou presencial com os cases Benchmarking.

 

3. Há quanto tempo existe o Programa Benchmarking? Quem são os realizadores? É reconhecido? Quem pode participar com inscrições de cases? 

O Programa existe há 16 anos é já realizou 15 edições. É uma iniciativa independente, porém, plural.  Os realizadores( Mais Projetos/ Instituto Mais),  contam com o apoio de instituições representativas e governamentais, universidades, escolas técnicas profissionalizantes, e mídias especializadas. A metodologia de seleção dos cases tem o reconhecimento da ABNT, e em 2013, o Programa foi o grande vencedor (1o colocado) da categoria Humanidades do Prêmio von Martius da Câmara Brasil Alemanha. Os participantes que inscrevem seus cases são Organizações, Pessoas Jurídicas, regularmente instituídas em território brasileiro que tenham práticas de excelência em sustentabilidade (social, ambiental ou socioambiental e sociocultural) com pelo menos 1 ano de duração, e que estejam cientes, aptos, e em concordância com o regulamento da iniciativa.

 

4. Quem avalia os cases Benchmarking?  Com que credibilidade? 

Uma banca avaliadora (CT – comissão técnica multidisciplinar) com participação de especialistas de vários países pontua quesitos dos cases sem ter acesso ao nome da organização. A CT é renovada anualmente, e a metodologia é reconhecida pela ABNT. Os cases devem atingir índice técnico (Score) para serem reconhecidos e certificados Benchmarking.

 

5. Como é viabilizado financeiramente o Programa Benchmarking?

Uma das premissas da sustentabilidade é o comercio justo.  Sabemos que não existe atividade que não demande custo para sua realização. E, por se tratar de um programa fundamentado em 3 pilares: reconhecimento, certificação e compartilhamento,  o patrocínio está totalmente fora de cogitação. As organizações acessam no site todas as informações necessárias e podem fazer contato com o Programa por email e/ou telefone no momento que quiserem para esclarecimentos de duvidas. As organizações interessadas submetem voluntariamente por meio de inscrição online seus cases para serem avaliados e certificados Benchmarking cientes de todo o processo. No final da inscrição online é feito download do termo de compromisso com as condições financeiras que detalha o investimento (valor) e as contrapartidas para continuarem no processo. Terão que preencher e assinar oficializando conhecimento e concordância, e afirmando estarem aptas ao cumprimento dos requisitos ali dispostos para que a inscrição seja mantida na plataforma e enviada para avaliação da Banca de especialistas de vários países. Se não enviarem o termo de compromisso assinado os cases inscritos são simplesmente deletados da plataforma e não são enviados para avaliação sem nenhum custo a organização. As que enviam o termo de compromisso comprovando seu conhecimento, concordância e aptos a cumprirem o investimento caso suas práticas atinjam score técnico, prosseguem na plataforma e são enviados para pontuação da Banca Avaliadora.  Uma vez que seus cases são aprovados cumprem com o compromisso financeiro e recebem as contrapartidas dos organizadores. Uma vez que seus cases são reprovados não terão custos e o nome da organização será totalmente preservado. As organizações que enviam termo de compromisso, tem seus cases avaliados e aprovados pela Banca avaliadora e desistem, pagam taxa de desistência para cobrir o processo feito até então. A informação sobre custos de participação consta no site (TOP FIVE 1 e TOP FIVE 2), e a informação sobre valores e condições consta no termo de compromisso disponibilizado no final da inscrição online de forma clara e transparente. 


Para saber mais sobre a participação do Programa Benchmarking recomendamos a leitura do regulamento e metodologia. Também sugerimos visita completa ao site Benchmarking que é bastante detalhado. Caso persistam duvidas, sugerimos contato com os organizadores pelo site (AQUI) ou pelos telefones (11) 3257-9660.

Para baixar o conteúdo acima em arquivo pdf, clique:   TOP FIVE 1      TOP FIVE 2