Banco Digital Energia 1

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS
RESUMOS CASES BENCHMARKING
TEMÁTICA GERENCIAL
  ENERGIA

Paginas: 01 02 03

 

 

AGCO do Brasil – Unidade Valtra do Brasil Ltda

Case: Projeto Integrado Biodiesel – 100% Biodiesel

Cidade: Mogi das Cruzes

Estado: SP 

Responsável: 

Cargo: Analista de Meio Ambiente

 

Resumo: No rastro da sustentabilidade, pensando na tendência de expansão do uso de energia renovável no campo, a AGCO desenvolveu uma linha de produtos, composta por tratores, colheitadeiras e pulverizadores com motores aptos a trabalhar com diesel e biodiesel B-100, ou seja, 100% biodiesel. Com a adoção dessa prática foi notado alguns benefícios: Como se trata de energia limpa, o biodiesel tem a vantagem de ser uma fonte de energia renovável, menos poluente, quando comparado a queima do diesel, numa redução substancial de emissão de gases poluentes; prevenção de contaminação em caso de vazamentos no solo, etc. A busca por combustíveis renováveis é uma realidade e saímos na frente com um produto versátil que opera com diesel e que também estão prontos para trabalhar com 100% biodiesel.

O engajamento da equipe responsável foi fundamental, a manutenção de parcerias duradouras foi essencial para se obter resultados desejados. Edição 2011

 

CEFET- SC – Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina 
Case:
 Um Enfoque Empreendedor em Conservação e Eficiência Energética no CEFET- SC
Cidade: Curitiba
Estado: SC 
Responsável: Prof. Paulo Roberto Weigmann 
Cargo: Mestrando em Engenharia de Produção Elétrica da UFSC.

 

Resumo: O programa de Conservação de Energia e Eficiência Energética consiste na implantação de ambientes de Conservação de Energia constituídos de módulos contendo sistemas computacionais, kits didáticos, equipamentos multimídia, emulador e simulador virtuais, fontes autônomas de energia e analisador de energia. Ambientes de Eficiência Energética constituído de estações de iluminação, de aquecimento e de bombeamento de água, com a aplicação tecnológica de fontes alternativas de energia em estações operacionais de trabalho (Energia Solar). Esses ambientes de Conservação de Energia e Eficiência Energética após implantados serão integrados de modo que, na sua essência, sejam suficientes para atender, através de cursos de capacitação, qualificação, requalificação, e outras atividades técnico-pedagógicas, a formação transversal e interdisciplinar da clientela discente e docente da instituição. Edição 2003


Celulose Irani S.A.
Case:
 Mecanismo de desenvolvimento limpo – Usina de co-geração
Cidade: Vargem Bonita
Estado: SC
Responsável: Leandro Alexis Farina 
Cargo: Gerente de Sistemas de Gestão da Qualidade e Ambiental

 

Resumo: O desenvolvimento do projeto da usina de co-geração teve objetivo de reduzir o uso de energia proveniente de recursos naturais não renováveis, buscando conservar e otimizar recursos naturais como o carvão mineral, óleo BPF e óleo diesel. Objetivou-se reaproveitar resíduos de base florestal, usando-os como biomassa na usina de co-geração, podendo assim reduzir emissões de gases causadores do efeito estufa, fenômeno causado em conseqüência da degradação dos resíduos acumulados em lixões, florestas e aterros industriais. Edição 2007


Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia – COELBA

Case: Projeto VALE LUZ

Cidade: Salvador

Estado: BA    

Responsável: 

Cargo: Assessora de Eficiência Energética

 

Resumo: O VALE LUZ é um projeto de caráter sócio-ambiental que tem como finalidade reduzir o valor da conta de energia da população de baixa renda e criar um destino alternativo para o lixo. A Coelba acredita que vale a pena usar a energia para reinventar e transformar, até mesmo o que já não servia mais, em algo de valor real para as pessoas e o meio ambiente.

Com o andamento do projeto, já foi descontado um total de R$16.663,64 em contas de luz existindo inclusive casos de quitação total da conta mensal de energia elétrica por parte de alguns consumidores, apenas através de créditos gerados pela venda dos resíduos sólidos.

No caráter ambiental já foram retiradas aproximadamente 68 toneladas de resíduos sólidos que iriam para os aterros sanitários e que por fim, foi destinada a reciclagem. O projeto é amplamente replicável tendo em vista que ele já esta em andamento desde Dezembro de 2007. Acreditamos que toda empresa pode ser agente de transformação social e o Projeto VALE LUZ colabora para uma nova postura da população quanto à forma de destino de cada resíduo sólido que produz dentro de suas casas e a responsabilidade que a sociedade precisar ter com o meio ambiente. Edição 2011

 

 

Paginas: 01 02 03