Bench Artes Regulamento

bench_artes

A conexão da arte com a sustentabilidade para a construção de uma nova consciência e cultura

Obras e ArtistasJuri Técnico

 

Regulamento 2016:

1 – O artista deverá ter uma trajetória comprovada de pelo menos 3 anos de atuação com arte sustentável e ser convidado pela organização para produzir uma obra exclusiva que concorrerá ao selo Benchmarking das Artes que reconhece os detentores das melhores práticas em seus trabalhos artísticos, e enviar uma foto digital da obra pronta, além da entrega formal a organização da obra produzida em data e local definido no termo de compromisso.

2 – A obra será avaliada por uma comissão julgadora especialmente convidada pela organização, e composta por artistas e profissionais da arte que avaliará aspectos de design, criatividade, contribuição social, contribuição ambiental, e tempo de envolvimento do artista com a arte sustentável (CV).

3 – As obras estão expostas virtualmente neste site e fisicamente no XIV Benchmarking Brasil em São Paulo, nos dias 29 e 30/06/2016, onde os jurados poderão ter contato visual (virtual e/ou presencial) com as obras e avaliar os requisitos acima citados no item 2.  A média aritmética definirá a pontuação de cada obra participante.  A avaliação adotou a metodologia do Programa Benchmarking Brasil com adaptações e ajustes para sua finalidade.

4 – As obras que obtiverem índice técnico, ou seja pontuação igual ou superior a 7.1 (média aritmética, escala Likert), serão reconhecidas como obras contributivas com a construção de uma cultura de sustentabilidade e ganharão o selo “Cultura da Sustentabilidade – Benchmarking das Artes” da edição correspondente.

5 – Situações não contempladas no regulamento serão analisadas pela comissão julgadora, cuja decisão será soberana não cabendo recursos ou questionamentos.

6 – A Organização reserva o direito da não realização do evento caso não haja quórum suficiente de obras aprovadas pela Comissão Julgadora, ou, o não cumprimento por parte dos concorrentes que tiveram suas obras selecionadas em relação aos requisitos constantes neste regulamento e termo de compromisso.

  • RESPONSABILIDADES DA COMISSÃO JULGADORA

Função: Conforme critérios da metodologia Benchmarking acima descrita, selecionar “obras” consideradas contributivas com a cultura de sustentabilidade

Critérios:
 Pontuação por quesitos

  • Notas individuais de 0 a 10 para cada quesito tendo por base a escala Likert (veja no final desta pagina)
  • Se houver empate, vence a obra que tiver a maior nota no quesito “tempo de envolvimento do artista com a arte sustentável”
    Se mesmo assim continuar o empate, a comissão julgadora decidirá com votos individuais. A obra com maior votos, vencerá.
  • Total de pontos: Média aritmética dos quesitos.
  • Situações não contempladas no regulamento serão analisadas pela comissão julgadora, cuja decisão será soberana não cabendo recursos ou questionamentos.

Formato da apresentação das obras: 

Os artistas concorrentes deverão criar uma obra exclusiva atendendo os critérios citados no regulamento e levar para expor no Bench Day da edição correspondente. Deverão também assinar o termo de compromisso e entregar a organização.

CRONOGRAMA DE TRABALHO

1ª Etapa: A organização recebe, filtra conforme critérios do regulamento, e disponibiliza no site, as fotos e os currículos para que a Comissão Julgadora tenha conhecimento até 10/04/2016

2ª Etapa:
 A Comissão Julgadora fará sua avaliação mediante acesso virtual dando notas de 0 (zero) a 10 (Dez) com base na Escala Likert (veja no final desta pagina)  para cada quesito de cada obra inscrita e enviará planilha com suas notas, preenchida e scaneada  a organização até 13/05/2016. As obras serão expostas no 14o Benchmarking Brasil,  dias 29 e 30/06, em São Paulo/SP.


3ª Etapa:
 A Organização fará a tabulação das notas de cada obra, e, havendo empate, procede conforme os critérios estabelecidos até as 18h do dia 25/04/2016.


4ª Etapa:
 A Organização orienta os artistas participantes a respeito dos procedimentos para recebimento do Selo Bench das Artes – Cultura de Sustentabilidade no Bench Day (30/06/2016), conhecem suas classificações e recebem troféu e certificado.

5ª Etapa: As obras que os artistas doarem (opcional) serão encaminhadas (doadas) ao Museu do Parque Ecológico Tietê e ficarão expostas ao público.

QUESITOS A SEREM AVALIADOS: 

1. Design: A qualidade do design da obra em relação a forma, cor e acabamento. O estilo artístico da obra.

2. Criatividade: A forma adotada pelo artista para trabalhar o material utilizado na confecção da obra, e o enfoque e temática abordada.

3. Contribuição Social: A interferência da obra na sua confecção ou exposição para a melhoria social da comunidade

4. Contribuição Ambiental: A interferência da obra na sua confecção ou exposição para a preservação ambiental

5. Tempo de envolvimento do artista com a sustentabilidade: O tempo e a relevância do trabalho do artista para a sustentabilidade (CV comprovando sua atuação). 

TABELA DE VALOR – (Likert)
As notas de 0 a 10 se baseiam na escala de valor:
0 – Pésimo
1 a 3 – Muito Ruim
3,1 a 5 – Ruim
5,1 a 7 – Razoável
7,1 a 8 – Bom
8,1 a 9 – Muito Bom
9,1 a 10 – Excelente

Bibliografia: OLIVEIRA, Luciel Henrique de.  Exemplo de cálculo de Ranking Médio para Likert. Notas de Aula. Metodologia Científica e Técnicas de Pesquisa em Administração. Mestrado em Adm. e Desenvolvimento Organizacional. PPGA CNEC/FACECA: Varginha, 2005.