Gestor 2019 – Profissionais que desenvolvem boas práticas de sustentabilidade

A certificação Gestor 2019 Abraps Benchmarking reconhecerá profissionais que atuaram em cases de boas práticas contributivos com o desenvolvimento sustentável ao longo de suas trajetórias.

A iniciativa, uma realização do Programa Benchmarking em parceria com a Abraps (Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável) tem por objetivo reconhecer, certificar e compartilhar a trajetória e legado destes gestores que trabalham pelo desenvolvimento sustentável nas organizações dos 3 setores da economia (publico, privado e sociedade civil organizada) em todo o território nacional. Torna-los referência para que inspirem outros profissionais na mesma direção.

A metodologia de certificação segue os critérios do Programa Benchmarking com 2 filtros de seleção: Inicialmente são pré-selecionados da plataforma Benchmarking mediante a quantidade e regularidade de atuações comprovadas em projetos já certificados pelo Programa Benchmarking, e posteriormente selecionados por uma banca de especialistas indicados pelos organizadores. Os nomes (até 10) com as maiores pontuações acima de 7.1 (nota de corte) serão reconhecidos Gestores Abraps Benchmarking, profissionais que atuaram em cases de boas práticas contributivos com o desenvolvimento sustentável, e receberão seus certificados e homenagens no Bench Day, em 26 de junho, em São Paulo.

Comissão Técnica 2019

 

Neste mundo em transformação, o propósito do gestor de empresas deixou de centrar-se, unicamente, no lucro – que funestas consequências trouxe para economia, para o ambiente e para a sociedade. O gestor, de hoje, precisa incluir nas suas preocupações um maior compromisso com a diminuição das desigualdades sociais, com a degradação ambiental e com a prosperidade das gerações atuais, mas não só, também e acima de tudo com as gerações futuras. Nestes termos, a iniciativa é da maior relevância – urge dissemina-la e replica-la.

Celina Gil é Licenciada em Organização e Gestão de Empresas, pelo Instituto Superior de Economia e Gestão, da Universidade Técnica de Lisboa e pós-graduada em Gestão de Projetos em Parcerias pela Universidade Autónoma de Lisboa, Portugal. Atua na Direção de Planejamento e Políticas de Empresas do IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação do Ministério de Economia e Emprego de Portugal, há mais de 20 anos. É Embaixadora da Aliança ODS Portugal representando o ODS 9 – Industria, Inovação e Infra estrutura. Representa o IAPMEI na REDE RSO PT – Responsabilidade Socioambiental de Portugal, na Comissão Técnica de Reconhecimento de Práticas de Responsabilidade Social e Sustentabilidade de Portugal, na Aliança ODS Portugal, e na Carta Portuguesa para a Diversidade. Faz parte do grupo de desenvolvimento e promoção de ferramentas indutoras de inovação e competitividade nas PME de Portugal, além de atuar em diferentes programas de apoio ao Empreendedorismo. Lisboa, Portugal

Flavia Moraes é Graduada em letras pelo Mackenzie, com especialização em propaganda pela ESPM, é sócia-diretora da FCM Consultoria em Sustentabilidade e professora de pós graduação na FGV e na FIA. Palestrante sobre temas de sustentabilidade e diversidade & inclusão, é conselheira do Centro de Referência em Sustentabilidade da Fundação Dom Cabral e das ONGs Viva e Deixe Viver e da Virada Sustentável, além de diretora da Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável (Abraps). São Paulo, Brasil

Haroldo de Matos Lemes é Engenheiro Mecânico pela Escola Politécnica da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 1964 e tem Mestrado em Engenharia Sanitária, pela Universidade Tecnológica de Delft, Holanda, 1972/1973.É Presidente da Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do Rio de Janeiro – SEAERJ, Presidente do Conselho Técnico da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. É professor da Fundação Getúlio Vargas e Coordenador do MBA em Gestão Ambiental e Sustentabilidade da FGV e da FGV Online em vários cursos na área do meio ambiente e sustentabilidade.  Foi Presidente do Instituto Brasil PNUMA – Comitê Brasileiro do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Rio de Janeiro entre 1991 e 2015, Presidente do Conselho Empresarial de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Associação Comercial do Rio de Janeiro de 2004 a 2017. Professor de Engenharia Ambiental da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro entre 1978 e 2011, onde coordenou Cursos de Especialização em Gestão Ambiental entre 1991 e 2012. Foi Secretário no Ministério do Meio Ambiente de 1994 a 1999 e Secretário de Desenvolvimento Urbano e Regional do Estado do Rio de Janeiro, de 1987 a 1991. Vice-Diretor do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – PNUMA, de 1982 a 1987, Diretor Geral do Instituto Nacional de Tecnologia – INT, de 1980 a 1982 e Presidente da Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente – FEEMA, de 1975 a 1979. É Comendador da Ordem do Rio Branco, do Ministério das Relações Exteriores, 1988; Medalha de Amigo da Marinha, do Ministério da Marinha, 1998; Diploma de Mérito da Engenharia, Arquitetura e Agronomia, concedido pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CREA RJ, 2010; Condecoração “Lifetime Achievement Award”, concedida pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia (International Academy of Oral Medicine and Toxicology” – IAOMT), 2013. Rio de Janeiro, Brasil

Ismael Rocha é Doutor em Educação, Mestre em Sociologia, Mercadólogo formado pela ESPM com pós-graduação em Marketing pela UTA – University of Texas at Arlington. Professor universitário, autor de livros didáticos nas áreas de Marketing, Comunicação e Sustentabilidade, artigos publicados em revistas, jornais e participação em Congressos no Brasil e no Exterior. Diretor de Extensão da ESPM, Fundador e Coordenador da ESPM Social, do CEDS – Centro ESPM de Desenvolvimento Socioambiental e Fundador da Incubadora de Negócios da ESPM. Cursos de Especialização no Canadá, EUA, Inglaterra, Finlândia, China, Malásia, Chile e México. Consultor de Marketing e Planejamento Estratégico para Empresas, ONGs, Institutos e Fundações. Climate Reality Leader. São Paulo, Brasil

Marcio Mendes é Publicitário pela Puccamp; Consultor de Marketing pela Madia Marketing School; MBA em Gestão da Sustentabilidade na FGV; Empreendedor pelo Grupo MEGA SHARE, empresa de marketing ativa no mercado desde 1996 e Consutor da Mosai&CO, desenvolvedora de negócios sustentáveis. Possui o propósito de promover o desenvolvimento sustentável e realiza projetos e consultoria de comunicação, marketing e sustentabilidade, e atua como palestrante. Autor do site Marketing Sustentável (www.marketingsustentavel.com.br) e desenvolve a plataforma M(S) – Mundo Sustentabilidade (www.mundosustentabilidade.com) para promover o consumo e a produção responsáveis. Diretor de Marketing e Eventos da Abraps – Associação Brasileira de Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável, coautor e embaixador do Manifesto 17:30 (www.manifesto1730.com.br), documento que convoca todos os profissionais do mercado para trabalharem em favor dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU / PNUD. Ex Vice Presidente de Agências do Popai Brasil, capítulo nacional da associação global de empresas que promovem o desenvolvimento de retail e shopper marketing e Diretor de Relações Institucionais do comitê de Relações Sustentáveis da Ampro, Associação Brasileira de Live Marketing. São Paulo, Brasil

Nosso desafio hoje não é apenas solucionar uma crise econômica, encontrar o equilíbrio do meio ambiente ou buscar uma sociedade mais justa. Trata-se de algo mais profundo, ou seja, transformar toda uma civilização, tomando como base valores morais que foram perdidos. A ética vale a pena, e a encontramos nas ações de cada individuo, de cada gestor. 

Maria Cecília Coutinho de Arruda, é presidente da ALENE- Asociación Latinoamericana de Ética Negocios y Economia, e membro do Conselho Editorial da Revista African Journal of Business Ethics, Conselho de Ética da ABAP – Associação Brasileira de Agências de Publicidade, Grupo de Excelência de Ética e Sustentabilidade do CRASP – Conselho Regional de Administração SP, Grupo de Estudos de Governança e Ética do IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Atuou em equipes de Governo, nas Pastas da Saúde, Defesa do Consumidor e Fazenda. São Paulo, Brasil

Silvia Maria Louzã Naccache é Palestrante e Consultora na área de Voluntariado, Responsabilidade Social, Desenvolvimento Sustentável e Terceiro Setor. Conteudista da Rede Filantropia, da Plataforma Captamos e da Escola Aberta do Terceiro Setor. Articula parcerias com organizações da sociedade civil, governos, escolas, universidades e empresas. Organiza, ministra e facilita cursos, palestras, oficinas e eventos. Conselheira voluntária da Associação Vaga Lume e da ABRAPS – Associação dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável. Representante no Brasil da organização Impact 2030 e voluntária no grupo de trabalho de Humanização do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer. Coautora do livro Voluntariado Empresarial – Estratégias para Implantação de Programas Eficientes. Membro organizadora do Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial desde 2009. Coordenou por 14 anos o Centro de Voluntariado de São Paulo. Graduada em Ciências Biomédicas pela UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, Brasil