Semana do Meio Ambiente – Boas Práticas, ODS e Programa Benchmarking

Não devemos nunca perder a oportunidade de falar sobre as boas práticas para a construção de uma nova consciência e cultura, a cultura de sustentabilidade. Na semana do meio ambiente, empresas e veículos de comunicação costumam fazer campanhas de conscientização sobre a importância da preservação ambiental e mudança de hábitos. O Instituto Mais e o Programa Benchmarking esteve presente em vários eventos desta natureza, e selecionamos 2 momentos, em que estivemos presentes falando sobre as questões ambientais, as boas práticas e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS da Agenda 2030 da ONU que elenca 17 ODS para superar desafios sociais e ambientais do planeta. 
No primeiro momento, optamos pela comunicação para abrangência do público, levando informações relevantes sobre as boas práticas nas organizações. Tivemos Marilena Lavorato, gestora ambiental e idealizadora do Programa Benchmarking sendo entrevistada ao vivo pelo jornalista Roberto Mangraviti na TV ABC no dia 05 de Junho – Dia Mundial do Meio Ambiente.
A entrevista também é reapresentada na TV Sustentahabilidade e no canal NGT. Foram 30 minutos de uma conversa franca sobre a gestão socioambiental brasileira e o seu alinhamento com os ODS. O Programa Benchmarking existe há 18 anos, conta com a participação de especialistas de vários países, e já certificou mais de 400 boas práticas neste período, revelando assim, uma fotografia sem photoshop do nível de excelência e inovação das boas práticas nas organizações. A entrevista completa pode ser vista acima.  
Um segundo momento, não menos importante, são as rodadas de conversa com profissionais nas organizações. 
 
No dia 07 de junho, o Engenheiro Ambiental e Mestre em Sustentabilidade do Instituto Mais, Gustavo Trentin Prado encerrou a semana do meio ambiente conversando com colaboradores de uma das Agências do Banco do Brasil sobre boas práticas no ambiente de trabalho e nos lares dos cidadãos.
Uma conversa esclarecedora e sem preconceito sobre o que fazemos e o que podemos fazer para melhorar e muito, a qualidade do ar, dos rios, da flora, etc. Hábitos simples, mas que uma vez incorporado se tornam importantes indicadores de qualidade de vida e de transformação social e ambiental.