Banco Digital Arranjos Produtivos 1

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS
RESUMOS CASES BENCHMARKING

TEMÁTICA GERENCIAL
ARRANJOS PRODUTIVOS
 

Paginas: 01 02 

 


ArcelorMittal Brasil S.A.
Case:
 Gestão Sustentável de Resíduos e Co-produtos
Cidade: Serra
Estado: ES
Responsável: Luiz Antônio Rossi
Cargo: Gerente de Meio Ambiente

Resumo: Buscar a redução de estoques de resíduos antes considerados passivos ambientais e sem valor agregado e melhorar o diálogo com as diversas partes interessadas, desmistificando a classificação dos resíduos gerados antes vistos como lixo industrial. O Principal objetivo é a garantia da sustentabilidade na empresa; agregar valor e reduzir custos; propiciar a destinação adequada, eliminando passivos e garantindo novas aplicações técnicas e ambientalmente corretas; contribuir para a diminuição da extração e degradação de recursos naturais; contribuir para a geração de renda e melhoria da qualidade de vida da comunidade do entorno. Destaque para: a implantação da Central de Armazenamento de Resíduos e Co-produtos (CASP) para disposição temporária de resíduos visando seu reaproveitamento futuro; o início da caracterização ambiental quebrando paradigmas e eliminando o conceito “equivocado” do uso de escórias, pós e lamas pelos órgãos ambientais, que enxergavam os seus usos como descarte de lixo industrial; o investimento e desenvolvimento de novas tecnologias; a diminuição de grandes estoques de lamas, pós e escórias; e a criação de valor para os co-produtos nas diversas aplicações. Edição 2009

 

ArcelorMittal Brasil S/A
Case
: Programa de Sustentabilidade 
Cidade: Belo Horizonte 
Estado: MG
Responsável: Rodrigo Lana de Almeida 
Cargo: Analista de Meio Ambiente

Resumo: Nosso principal objetivo é promover a ampliação das atividades industriais para atender às crescentes demandas do mercado, com ações que promovam o desenvolvimento sustentável, contribuindo com o desenvolvimento dos empregados, prestadores de serviços e das comunidades locais. A metodologia do projeto consiste em total apoio técnico e financeiro ao produtor florestal. Sem isso não seria possível o projeto obter sucesso do Programa de Sustentabilidade. Teremos como resultados:

Vantagens para as comunidades vizinhas:

– Geração de empregos, negócios e distribuição de renda; fonte alternativa de renda para pequenos e médios produtores rurais; aumento na arrecadação de impostos para os municípios de abrangência;

Proteção ao Meio Ambiente:

– Seqüestro e fixação de CO2 pelas florestas, reduzindo os impactos no clima do planeta;

Bons negócios para o produtor florestal:

– Fonte complementar de renda assegurada; aproveitamento de terras ociosas e ou degradadas;

– Geração de renda com outros produtos além da madeira (mel, óleo, sementes etc). Edição 2010

 

Chamma da Amazônia 
Case:
 Ecoparcerias – Facilitando o Trabalho
Cidade: Belém
Estado: PA
Responsável: Maria de Fátima Chamma Farias 
Cargo: Diretora Geral

Resumo: A Fluidos da Amazônia tem por objetivo trabalhar com matérias-primas regionais. As principais preocupações são: geração de recursos e renda para a região, agregando valor de mão-de-obra ao produto final, o uso de práticas que não interfiram no Meio Ambiente, a contribuição para a divulgação da cultura Amazônica e a valorização do homem dentro do processo produtivo. Assim, pratica-se as “Ecoparcerias” que apóiam projetos de empresas que buscam o Desenvolvimento da Região através do Desenvolvimento Humano. Nas “Ecoparcerias”, a empresa atua como consumidora das matérias-primas das comunidades ligadas a estes projetos, tais como: óleos naturais, raízes e ervas, Cestarias e embalagens em palha de guarumã entre outras. A empresa participa do programa Produção Mais Limpa, vinculado ao Programa de Econegócios do SEBRAE que visa racionalização dos recursos (água, energia, redução de resíduos), a educação ambiental consistindo numa orientação da metodologia de “Produção Mais Limpa”, em investimentos na redução de resíduos ou na utilização destes pela empresa. Edição 2003

 

Ekofootprint Impressões Sustentáveis
Case:  Impressão sustentável de documentos utilizando tecnologia ecológica que gera 90% menos resíduos.
Cidade: Belo Horizonte
Estado: MG
Responsável: José Claudio Fonseca 
Cargo: Diretora de Marketing

Resumo: Buscou-se alcançar a sustentabilidade como um todo, incluindo os aspectos ecológicos, sociais e éticos. Por isto, sobre uma base de aspectos ecológicos, sociais e éticos. Por isto, sobre uma base de tecnologia “verde” de impressão (tinta feita com cera de base 30% orgânica e papel reciclado ou feito com bagaço de cana) foram criados outras diretrizes: Foi criada uma tabela de preços que leva em conta a cobertura colorida, fazendo com que impressos “menos coloridos” custem menos, tornando proporcional, justa e ética a sua precificação. Por tornar o produto ecológico mais atraente do que o tradicional, tornou mais viável a sua disseminação no mercado. Somente softwares originais e licenciados são utilizados. O projeto de lojas prevê acessibilidade a “cadeirantes” , e está em estudo a impressão Braille para deficientes visuais. Estabeleceu-se que os veículos envolvidos seriam abastecidos exclusivamente com álcool para diminuir a geração de CO2. Quando possível, entregas são feitas com bicicletas. Edição 2013 


 

 

Paginas: 01 02